Sobre

Novos moradores

patinhas
Sem internet em casa, de férias, querendo muito ir pra praia… Além disso, louca para postar no blog…

Esses últimos dias tenho tentado aproveitar ao máximo o finalzinho das minhas férias. Semana que vem volto ao trabalho e volto para a “vida normal”.

Não digo que não aproveitei porque eu aproveitei BASTANTE até essas férias. Consegui ir pra praia, alguns dias, vi meu pai que veio diretamente do Rio de Janeiro para passar uma semaninha em Floripa, vi alguns amigos de São Paulo que vieram conhecer a minha cidade, e por último mas não menos importante, tive dois filhos.

Sim! hahaha eu vinha louca querendo muito ter mais um gatinho em casa, além da minha preta véia, inclusive tive uma baita decepção porque achei um gatinho no meu condomínio e pensei: deve ser de alguém, vou esperar alguém procurar, mas fui me apegando muito, infelizmente era de alguém, alguém que só deu falta do gato 3 dias depois do gato ter sumido. Alguém que tem um filhote de gato e não colocou tela no apartamento, quesito número 1 na hora de ter gatos em apartamento, e deixou o pequenino fugir, com chance de cair da janela, se machucar, ou até mesmo morrer. Poisé, e infelizmente tive que devolver porque esse “alguém” apareceu com uma criança de 5 anos chorando querendo o gato de volta 😦 Sim, eu fiquei indignada pelo descaso com o bichinho, mas não tive o que fazer… a não ser: achar um gatinho pra mim.

Foi depois dessa decepção que comecei a procurar em grupos no facebook gatinhos para adoção. Acho muito importante adotar um bichinho ao invés de comprar. Não sou contra comprar, até porque muita gente compra bichos de raça ou pedigree, mas a importância de adotar um bichinho vai muito além, é doar amor também, doar carinho e receber de volta, um amor incondicional.

Entrando nesses grupos eu achei diversos gatinhos lindooooos e pronto para serem adotados, mas tem que rolar química né? hahaha. Sem meu namorado saber eu fui ver um desses gatinhos. A menina que estava cuidando deles pegou a mãe prenha e fez o parto dos gatinhos na casa dela, foram 8 vivos, e alguns que não vingaram também. Dentre esses, ela só tinha mais 3, e eu fui ver 1 deles. Eram dois machos e uma fêmea. Eu tinha interesse no machinho que ela anunciou, mas quando encontrei os dois machinhos não tive coragem de separa-los, acabei levando os dois ;x

Loucura da minha parte? Sim, talvez. Meu namorado ficou bravo? Sim, ficou. Mas ele se apaixonou pelos pequenos? MUITO!!!!!

Estamos que nem dois pais bobos olhando para os filhos. Ficamos horas sentados no sofá olhando e babando por eles.

Esse post foi um pouquinho diferente, um pouco mais pessoal, mas quero muito apresentar pra vocês os meus filhotes: Zé (o manchadinho) e Franco (o branco) . (Franco por causa do James Franco)

FOTO GATOS BLOG 1

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s